sexta-feira, 25 de março de 2011

Entrevista com MARCELO CARVALHO - novo talento do rock



Bem, há poucos dias publiquei uma pequena homenagem ao Marcelo Carvalho, um jovem da cidade Cajamar que esta fazendo muito sucesso no Programa Raul Gil, no quadro Jovens Talentos e também na internet. Pois bem nada mais justo que publicar uma entrevista com este jovem cantor.
Estive no último sábado em Jundiaí, interior de São Paulo no Longe Bar para acompanhar a apresentação da Banda Ecliptyka, onde Marcelo Carvalho participou de duas músicas e mandou uma sozinho. Minha observação como amante do rock é que este menino vai muito longe mesmo. Para terem idéia, é o tipo de artista que se cresce no palco. Lá em cima não tem pra ninguém. E pensar que ele assim como eu, ainda permanece fiel ao Guns n´Roses...
Mas, com certeza, acima dos meus humildes comentários, o que vale mais são as palavras do nosso astro? Com vocês, MARCELO CARVALHO!!!



1- Marcelo faz uma breve apresentação sua pro pessoal que ainda não conhece ou conhece pouco seu trabalho.

R. Oi Simone tudo bem? iaeh galera, eu sou o Marcelo Carvalho, tenho 23 anos, moro em Cajamar-SP e atualmente participante do quadro Jovens Talentos do Raul Gil no SBT, sempre toquei em varias bandas de rock, e até hoje venho defendendo esse estilo, inclusive no programa.

2 - conta pra gente como começou sua história com a música? Quantos anos você tinha, o que você ouvia?

R. Sempre fui ligado em música, mas aos 14 anos ganhei meu primeiro violão, o que literalmente me Fundiu e me mostrou um caminho muito intenso, desde que me dou por gente meu pai ja ouvia rock, mas sempre ouvi muita coisa diferente... a princípio claro os pais consideram mais uma vontade adolescente, porém ... rs

3- Antes de rock, havia algum outro estilo que lhe chamasse atenção?

R. Sempre fui ligado em músicas mescladas, misturando eletrônica com orquestra, batidas agressivas, além de rock algo que eu coloque pra rolar no som com certeza sao trilhas de filmes ou jogos sabe, aquelas que te dão desespero quando voce ouve uAHUuuHAUHAu com tanto que tenha aquele impacto, alguns blacks tbm estão inclusos, e claro não pode faltar o Rei Michael Jackson.

4 – Com quantos anos você montou sua primeira banda? Conta pra gente como foi a primeira apresentação.

R. Com 17, a gente tocava New Metal, faziamos cover de Linkin Park, System Of A Down, Limp Bizkit, enfim, nesse genero,a primeira apresentação foi em um galpão abandonado aqui mesmo em Cajamar, nós e mais umas 4 bandas levamos os equipamentos chamamos uma galera e fizemos mó barulheira, exatamente no dia 10/12/2004... inesquecível.

5 – Quais suas principais influências musicais hoje? Há alguma banda ou música em especial que te faça ‘viajar’?

R. Hoje eu tenho um ouvido bem eclético, tenho uma visão muito mais aberta e consigo apreciar cada estilo como uma vantagem pra criar o meu, você aprende a ver tudo como uma sujestão, depende muito do momento, como você está naquela hora, mas sou uma pessoa elétrica sabe, um pouco anciosa as vezes, se a gente for falar do que me faz viajar no palco, nada como um rock pesado, pra você jogar toda aquela Porcaria pra fora, quem tem o priviléfio de tocae isso sabe o que eu estou falando.

6 – De 2 meses pra cá (depois do JT) sua vida mudou certo? Você estava preparado pra este sucesso todo? Como esta sua cabeça com isso tudo? Tem alguém que te assessora? Tem alguma coisa que lhe incomoda?

R. Radicalmente, foi tudo muito rápido, exagerado. E continua sendo rsrs está sendo "MUITO LOKO" mas estou tendo uma responsabilidade como nunca tive na vida, você envolvendo um país, um canal de televisão com a força que tem o SBT, fãs, até 2 meses atrás isso tudo era surreal, agora é mais surreal ainda uhauAHuAHua porque é mais intenso do que você imagina, mas agora eu entendo a razão de muitas coisas, as reações posivitas e negativas de quem vive isso. No começo fiquei um pouco perdido, e senti o peso sim, mas agora a ficha caiu melhor e estou conseguindo manter isso de modo mais natural.

7 – No Brasil, o rock não é tão comercial como axé, pagode e sertanejo. A que você atribui tanto sucesso mesmo cantando rock que destoa da cultura da maioria da população?

R. O Rock deixou de ser comercial porque o Brasil decidiu isso, rádio, televisão. Não acho ruim quando vejo tal banda ou cantor que eu não goste na TV ou na Rádio, apenas fico revoltado com a falta de divisão de espaço, SÓ EXISTE ESPAÇO PRA AQUELA PORCARIA QUE VOCE NAO GOSTA rsrs entende? você liga uma rádio, e durante 5 horas seguidas você ouve 10 músicas sendo repetidas. Então seila, acho que tanto pro rock ou pra qualquer estilo, apenas falte uma divisão mais diversa, acredito que tenha espaço pra todos.

8 – Bem, eu te sigo no Twitter, lá percebo que a boa parte de seus seguidores são mulheres bem jovens. Como você lida com este assédio todo? Já te deram alguma cantada que lhe deixou constrangido? Pode nos contar como foi?

R. rsrs constrangido? magina uahuaHu não tem algo que me alegre mais no dia que os recados dos fãs! em especial DAS fãs também, que sempre são mais dedicadas e dão um apoio incrível, eu procuro ao máximo responder a todos, nem sempre é possível, mas eu faço o que posso.

9 – Tem uma pergunta que foi unanimidade entre suas seguidoras: todas querem saber se você esta namorando. Então, conta como esta o coração do Marcelo agora? Você namora, tem alguém ou já teve um grande amor? Pode contar um pouquinho?

Estou solteiro. e Não! não conto um pouquinho uahUaHuAHuAhaUhAU Estou solteiro sem mais.

10 – Pretende algum dia cantar ou gravar musicas em português?

R. Com ctz, já tenho músicas prontas, não posso adiantar nada por enquanto pois estou reformulando banda pra esses sons, pois tenho uma banda Hateful' que só toca na linha trash mesclado, então muita coisa tem que ser ajeitada.

11 – Como estão os preparativos para as semifinais do JT? Na final os candidatos terão que cantar em português. Já pensou em qual música cantar?

R. Ainda estou ajeitando as coisas pra semi, a final está um pouco longe, é hora de pensar, mas não de Fixar nisso, um passo de cada vez.

12 – Como espera estar sua vida daqui a 10 anos?

R. Se não morrer, a única certeza que estarei com 34 anos uaHuaHuaHu sem curiosidades pro futuro, apenas quero deixar acontecer.

13 – Sabemos que você anda sem tempo, então pra finalizar esta série de perguntas, gostaríamos de saber se você esta montando uma banda nova mais ao estilo do que você apresenta no PRG? Tem alguma data para começar a se apresentar?

R. Estou sim, pretendo começar com ela o mais breve possível, de preferência assim que sair do programa.

14 – Pra finalizar nossa entrevista, gostaria de fazer um bate-volta contigo. Responda o que lhe vier à mente primeiro.

- Um sonho: Objetivo.

- Objeto de desejo: Bolacha de Chocolate

- Uma música: uma?

- Uma banda: Guns N Roses

- Um lugar: Palco

- Herói / heroína: Pai, Mãe

- Uma loucura: Tédio.

- Loira ou Morena: Loira

- Mulher bonita: Inteligente

- Mulher inteligente: Essencial

- Um livro: não leio livros, difícil

- Um ditado: Santo de Casa não faz milagre

- O rock: Alma

- Um momento inesquecível: Este.


E por ultimo, o que gostaria de dizer aos seus fãs e amigos neste momento?

R. Simplesmente dizer que são incríveis! Que são o que mais me colocam pra frente e me ajudam a crescer e fazer cada vez melhor por todos nós. São a coisa mais legal que me aconteceu. Um abração a todos vocês, e a você Simone pela entrevista. Vou aproveitar o espaço e deixar 2 links:

Twitter - @MarceloCa

Youtube - www.youtube.com/marcelocarvalhorock


Bem, após a entrevista é esperar o que vai rolar, estou torcendo por Marcelo que assim como eu, permanece fiel ao bom, amado e velho Rock n´ Roll.
Fiquei ligados no canal do Marcelo no YOUTUBE. Com certeza, em breve teremos novidades.
E como sempre, ao Marcelo meu mais profundo obrigada pela entrevista e por me fazer acreditar ainda mais na música e no poder que ela tem de mudar as nossas vidas. Agradeço ao Sr. Norberto, pai do grande Marcelo pela atenção e por autorizar a entrevista, acima.
Ficamos hoje por aqui, porém em breve com novidades.

Para os novos ficam aqui meus contatos:
Twitter: @Sissimarck
MSN: Simone_marcsilva@hotmail.com

quarta-feira, 23 de março de 2011

AMOR DE FÃ


Casualmente te encontrei,
Admiração nasceu enfim...
Fã ardoroso me tornei,
O teu sentir sinto em mim...
Como posso sentir-te assim?
Como sentes... o meu sentir?
Quero ser o teu jasmim...
Personagem oculta no teu existir.
Busco-te na tela muda...
Leio-te nos sites da Internet,
Se não postas tudo muda...
Se postas bendigo a Net!
Como escreves, descreves...
Do papel ofício fazes passarela,
Situações, ações tão diferentes...
Colorindo-me tal qual aquarela!
Ao ver-te Online o coração pulsa,
O verde é vida, emoção me traz...
Sem ser poeta és inspiração 
Estando off... Que tristeza dás!
Amor de fã... Anonimato!
Nada sabes do meu existir...
Na muda tela cada escrito teu é fato!
Como é fato o meu amor por ti!

 escrito por :EstherRogessi

domingo, 13 de março de 2011

Participação do Marcelo

A banda paulista ECLIPTYKA, formada por Helena Martins (vocalista), Guilherme Bollini (guitarrista), Hélio Valisc (guitarrista) Eric Zambonini (baixista) e Tiago Catalá (baterista); confirmou a presença do vocalista Marcelo Carvalho (Hateful) no seu debut álbum de estúdio, “A Tale Of Decadence”.
Marcelo Carvalho, natural da cidade de Jundiaí/SP, registrou sua participação na faixa “We Are The Same”, direcionando sua voz ao estilo “gutural”, bastante comum em formações vindas do Death Metal. “Queríamos algo realmente agressivo para essa canção, e encontramos em Marcelo o que precisávamos. Ele é um amigo de longa data e foi natural fazermos o convite. O resultado ficou matador e não vemos a hora de mostrá-lo aos fãs”, declarou o guitarrista Guilherme Bollini.